Geneall.pt | Geneall.net | Índice | Fórum | Guarda-Mor | Livraria
Getúlio Dorneles Vargas
AGB-vol. V-pg. 26
Getúlio Dorneles Vargas
Pais
Pai: Manuel do Nascimento Vargas * 25.11.1844
Mãe: Cândida Francisca Dorneles * 07.07.1850
Filhos
Cargos e Profissões
Ordens
Cronologia
  • 24.10.1830
    Reconhecendo o avanço da guerra civil, os militares do Rio de Janeiro depuseram o presidente Washington Luís, semanas antes do fim de seu mandato. O poder foi entregue a Getúlio Vargas, chefe político da Revolução de 1930. Iniciava o período getulista ou a Era Vargas.
  • 26.07.1930
    O político paraibano João Pessoa é assassinado. A vitória do candidato governista Júlio Prestes nas eleições de Março de 1930, derrotando Getúlio Vargas, causou a união da oposição, que culminou na Revolução de 1930. João Pessoa tornou-se o mártir do movimento.
  • 03.10.1930
    No Brasil, a Revolução de 1930 começa no Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Paraíba, liderada por Getúlio Vargas, da Aliança Liberal, o partido de oposição.
  • 06.10.1930
    Getúlio Vargas, derrotado nas eleições brasileiras pelo comunista Júlio Prestes, não aceita o resultado e lidera um movimento militar.
  • 11.10.1930
    Getúlio Vargas transmite o governo do Rio Grande do Sul para Osvaldo Aranha, que participou da Revolução Federalista de 1923.
  • 30.04.1932
    Com a abertura do ano lectivo, a Faculdade de Direito do largo São Francisco, em São Paulo (Brasil), iniciou o tradicional trote: o cortejo de alunos ridicularizava vários líderes do tenentismo que apoiavam Getúlio Vargas. O povo gostou do que viu e engrossou o cortejo, transformando-o em manifestação política.
  • 09.07.1932
    Revolução Constitucionalista, em São Paulo. A data é comemorada com um feriado estadual. Nesta data teve início o levantamento de São Paulo contra as tropas federais fiéis ao governo de Getúlio Vargas. Depois de três meses de lutas, os paulistas depuseram as armas. Dois anos depois, porém,Getúlio Vargas convocava a Assembleia Nacional Constituinte.
  • 17.07.1934
    Getúlio Vargas, que havia governado o Brasil como ditador, é eleito pela Assembleia Constituinte para o cargo de presidente da República.
  • 22.07.1935
    Inspirado em Joseph Goebbels, o ministro da propaganda nazi, o presidente Getúlio Vargas cria o programa A Hora do Brasil, transmitido obrigatoriamente para todo o país. Mais tarde, o nome mudou para A Voz do Brasil.
  • 30.09.1937
    O general brasileiro Eurico Gaspar Dutra e o presidente Getúlio Vargas divulgam o Plano Cohen. O documento forjado referia uma conspiração comunista para tomar o poder.
  • 01.10.1937
    Getúlio Vargas pede ao Congresso que decrete o estado de guerra.
  • 10.11.1937
    No Brasil, tropas do exército cercam o Congresso, que é dissolvido. O presidente Getúlio Vargas implanta o Estado Novo e outorga a quarta Constituição brasileira, inspirada nos regimes fascistas europeus.
  • 02.12.1937
    No Brasil, o presidente Getúlio Vargas extingue todos os partidos políticos.
  • 02.09.1939
    O presidente Getúlio Vargas anuncia que o Brasil permanecerá neutro na Segunda Guerra Mundial.
  • 27.10.1939
    O presidente Getúlio Vargas criou o Departamento de Imprensa e Propaganda, o DIP, para promover o Estados Novo e censurar os meios de comunicação.
  • 27.12.1939
    No Brasil, Getúlio Vargas cria o Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), encarregado de censurar os meios de comunicação durante o Estado Novo.
  • 18.08.1942
    Manifestações em cidades brasileiras exigem que o presidenteGetúlio Vargas entre na Segunda Guerra Mundial contra os países do eixo (Alemanha, Itália e Japão). No início da guerra, o presidente brasileiro manifestou-se favorável à política do ditador Hitler.
  • 22.08.1942
    O presidente Getúlio Vargas declara guerra aos países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão), colocando o Brasil na Segunda Guerra Mundial.
  • 04.10.1942
    Getúlio Vargas institui por decreto o Cruzeiro como unidade monetária brasileira.
  • 02.03.1945
    Pressionado pelo Exército, o ditador Getúlio Vargas anuncia a restauração do regime democrático no Brasil.
  • 29.10.1945
    Getúlio Vargas, pressionado pelos ministros militares, renuncia, e o presidente do Superior Tribunal, José Linhares, assume provisoriamente.
  • 03.10.1950
    Election de Getúlio Vargas pour la Presidence du Brésil.
  • 03.10.1950
    Getúlio Vargas é eleito presidente do Brasil depois de passar cinco anos afastado do poder.
  • 05.08.1954
    O jornalista Carlos Lacerda é vítima de um atentado. As balas feriram apenas o pé mas mataram o major Rubens Vaz, que lhe fazia a segurança. O mandante do crime foi o chefe da guarda de Getúlio Vargas, Gregório Fortunato.
  • 24.08.1954
    O presidente brasileiro Getúlio Vargas suicida-se face à a exigência de sua demissão pelas Forças Armadas. Numa carta-testamento, escreve: "Saio da vida para entrar na História".
Correcções / Actualizações