Geneall.pt | Geneall.net | Índice | Fórum | Guarda-Mor | Livraria
FóRUM DE GENEALOGIA: Início / Regras / Ajuda / Registe-se / Alterar Dados / Contactos
TODAS AS SALAS Moderador
Arquivos
Bibliografia
Brasil
Cargos
Direito
Eventos
Famílias
Formação
Genética
Heráldica
Hispânia
Informática
Património
Pessoas
Regiões
Títulos
em:
Este tópico está disponível na(s) Sala(s): Genética   Pessoas  
Nota: para visualizar todas as mensagens deste tópico na mesma página utilize o modo expandido
Mensagens neste tópico Autor
tmacedo 26-02-2012, 16:02
chartri 26-02-2012, 21:38
tmacedo 26-02-2012, 22:36
chartri 26-02-2012, 22:38
tmacedo 26-02-2012, 22:45
kolon 27-02-2012, 00:54
Mavasc 27-02-2012, 08:22
kolon 27-02-2012, 14:26
tmacedo 27-02-2012, 15:20
kolon 27-02-2012, 17:43
tmacedo 27-02-2012, 18:43
Mavasc 28-02-2012, 12:22
kolon 28-02-2012, 13:57
AQF 05-03-2012, 18:01
Muita Parra e Pouca Uva RE: Escrito por TRÊS falsificadores.... »
kolon 05-03-2012, 18:45
tmacedo 05-03-2012, 20:36
josemariaferreira 06-03-2012, 22:22
kolon 12-08-2013, 03:19
kolon 27-02-2012, 18:19
tmacedo 28-02-2012, 10:45
kolon 09-08-2013, 19:32
AQF 13-08-2013, 11:42
kolon 13-08-2013, 15:07
danib 14-08-2013, 09:10
kolon 14-08-2013, 15:53

Muita Parra e Pouca Uva RE: Escrito por TRÊS falsificadores.... 05-03-2012, 18:45
Autor: kolon      [responder para o fórum]
Caro Ângelo da Fonseca,

No caso do Assereto, que não é um documento original mas é nada mais que uma suposta cópia de um documento que não existe, eu li aquilo que o Prof. Aldo Agosto escreveu e apontei isso cá mostrando que não batia certo.
O Aldo Agosto errou e eu errei por seguir a ele.

Entretanto o Documento Assereto, o qual apenas há poucos tempos ficou disponível na net para todos verem, é um documento que de nada serve para identificar o Almirante Colon. Pois o mesmo sendo verdadeiro e mesmo se conseguirmos explicar as razões de ser uma folha solta metida num livro de notários, e mesmo se conseguirmos explicar porque vem em duas ou três caligrafias diferentes, não existe forma de PROVAR que este COLOMBO, que não diz filho de quem, nem casado com quem nem pai de quem nem primo, sobrinho ou neto de quem, era o mesmo homem que foi par Castela e se chamou COLON.

Eu errei em aceitar a data de 1475 da Raccolta, de certo não será a última vez que vou errar, é por isso que discussões destas servem muito na busca da verdade.

"Um eventual Colombo Português, exige muito rigor para se tornar credível, pelo que se espera que a lição sirva para outras situações similares, à espera de demonstração."

O tempo para isso vai chegar. Por agora fazemos o que podemos, discutimos, contrapomos, confrontamos o que foi escrito e tentamos esclarecer se o que foi escrito no passado é verdade ou não.

Cumprimentos,
Manuel Rosa
Utilizador:
Senha:

(Esqueceu a sua senha?)
Se pretende contactar o Moderador, clique aqui »
Responder a esta mensagem      Iniciar Novo Tópico
Assunto:
Mensagem:
Quero ser notificado quando responderem a esta mensagem..